Sufrage

 

A personificação daquilo que é etéreo é a definição mais próxima do que esta coleção de Angela Brito representa. Conceitos subjetivos de gênero são decifrados em peças que tem como inspiração tudo que deveria ser universal e democrático. Formas, cores, geometria e modelagem são o suspiro que dá existência a cada elemento dessa construção de ideias traduzidas em vestuário.

Os tecidos em algodão, seda, linho e viscose se misturam aos tons pastel de azul, verde e rosa em pregas, recortes dramáticos e atemporalidade. Além, é claro, das cores preto, branco e off-white – marcas registradas de Angela Brito.

O novo se descortina e dá espaço ao que não se prende a nomes, apenas ao ser.